terça-feira, 23 de agosto de 2016

Embaixada do Equador sofre tentativa de invasão em Londres



Alpinista desconhecido escala a embaixada do Equador em Londres, que acolhe o jornalista Julian Assange, fundador do Wikileaks, segundo a conta oficial do site no Twitter.

"às 2:47, hora local, um homem desconhecido escalou a parede lateral da embaixada Equatoriana em Londres, fugiu depois de ser flagrado pela segurança", disse a mensagem do Wikileaks.

A notícia sobre um alpinista desconhecido provocou reações nas redes sociais, dando origem a todo tipo de especulações sobre as  prováveis reações do invasor.

A notícia sobre a presença de um alpinista desconhecida provocou redes sociais, desencadeando todos os tipos de especulação sobre as intenções do homem.

Ainda que o Wikileaks não precise as reais intenções da tentativa de invasão, alguns usuários de redes sociais sugerem que ele poderia  ter planejado o que resultou em "uma tentativa de assassinato" contra Assange. Um deles chegou a arriscar que a tal invasão  poderia ter sido orquestrada pela candidata democrata à presidência dos EUA, Hillary Clinton .

O programador e  jornalista australiano Julian Assange, de 44 anos, vive na Embaixada do Equador em Londres desde 2012 por  temor de ser extraditado para a Suécia e, lá, ser objeto de perseguição política nos Estados Unidos, devido ao vazamento de informações sigilosas dos EUA feito pelo seu site, Wikileaks..

RT-TV

domingo, 21 de agosto de 2016

Olimpíadas 2.016 - A melhor campanha da história


Da Agência Brasil
A vitória da seleção brasileira na final do futebol nos Jogos Olímpicos de 2016 sobre a Alemanha nos pênaltis, no Maracanã, garantiu a melhor campanha do Brasil em Olimpíadas. Com seis medalhas de ouro, o país superou o recorde de cinco medalhas obtidas nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004.
Em relação ao número de medalhas, o Brasil garantiu 18 até o penúltimo dia de competição, uma a mais que as 17 registradas nos jogos de Londres, em 2012. Amanhã (21), a seleção masculina de vôlei disputará o primeiro lugar contra a Itália, podendo conquistar a sétima medalha de ouro.
Pela manhã, a dupla de canoístas formada pelos baianos Isaquias Queiroz e Erlon Silva havia assegurado o recorde numérico de medalhas ao conquistar a prata na prova de 1 mil metros da canoa dupla. Além de Isaquias ser o primeiro brasileiro a conquistar três medalhas olímpicas em uma mesma edição dos jogos, o país garantiu, pela primeira vez, a conquista de 18 medalhas em uma olimpíada.
.
Com a conquista do ouro no futebol, o Brasil saltou para o 13º lugar no quadro de medalhas, também a melhor campanha de sua história nesse ranqueamento. Nesse quesito, a melhor campanha já registrada havia sido o 16° lugar nos Jogos de Atenas.
Edição: Wellton Máximo

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Isaquias e Erlon garantem mais uma final na canoagem


Isaquias Queiroz e Erlon de Souza Silva venceram hoje (19), na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, a primeira bateria da prova de canoa dupla 1.000m com o tempo de 3min33seg269. A colocação garante aos brasileiros uma vaga na disputa por medalha, sem precisar passar pelas semifinais. A final da prova acontece amanhã (20), sábado.
A dupla alemã Sebastian Brenden e Jan Vandrey, que disputou a segunda bateria da canoa dupla 1.000m, venceu a prova com o tempo de 3min33seg482. Principais adversários dos brasileiros, os alemães também estão classificados para a final, sem necessidade de passar pelas semifinais.
Isaquias Queiroz e Erlon de Souza Silva são os atuais campeões mundiais da canoa dupla nos 1.000m. Em outras duas provas da canoagem de velocidade dos Jogos Olímpicos Rio 2016, Isaquias conquistou uma medalha de prata e uma de bronze.
Edição: Kleber Sampaio


quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Gilmar Mendes não tem postura de magistrado



Michèlle Canes – Repórter da Agência Brasil
O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, se manifestou hoje (18) sobre a declaração do presidente do Tribunal Superior Eleitoral e ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, que ontem (17) disse que a Lei da Ficha Limpa parece ter sido “feita por bêbados”.
"A Lei da Ficha Limpa é amplamente reconhecida pela sociedade como um avanço da democracia e do sistema eleitoral, impedindo a candidatura de quem tem ficha suja. Tanto é assim que foi apresentada como projeto de lei de iniciativa popular”, disse em nota divulgada pela assessoria de imprensa da OAB, lembrando que "o presidente do TSE deveria reconhecer e apoiar todas as iniciativas que aperfeiçoam o sistema eleitoral".
Lamachia também criticou a linguagem usada por Mendes: "A linguagem usada por ele, inclusive, não se coaduna com a postura de um magistrado, notadamente um ministro do STF, na hora de exercer seu direito de crítica, seja ela direcionada à sociedade, proponente da lei, seja aos parlamentares que aprovaram a matéria, seja ao chefe do Executivo que a sancionou”.
A declaração de Gilmar Mendes foi feita durante uma sessão no Plenário do STF que analisava decisão sobre contas rejeitadas de prefeitos que são candidatos às eleições.
Críticas
Nesta quinta-feira, ao ser questionado por jornalistas, Mendes voltou a falar sobre a Lei da Ficha Limpa durante evento no TSE. Ele disse que sua fala de ontem foi feita no contexto de um debate. Ele reafirmou que legislação tem vícios e que precisa ser aprimorada.
“A lei na verdade tem alguns vícios e necessita realmente de aprimoramento. O que eu disse é que a lei foi mal feita, realmente ela tem carências e precisa ser aperfeiçoada. Portanto, ela não pode ser canonizada”, disse ao lembrar que o Tribunal Superior Eleitoral vem interpretando a lei em questão. 
“Nós mesmos aqui no TSE temos feito uma interpretação construtiva da lei. Porque aquela lei, nós sabemos todos, foi feita de afogadilho. Ela tinha na verdade como mote ser aplicada já nas eleições de 2010, criava portanto inelegibilidade”, disse o ministro.
O ministro citou falhas específicas da Lei da Ficha Limpa como, por exemplo, o fato de que profissionais excluídos de conselhos possam se tornar inelegíveis. “Quer dizer, brincou-se um pouco de Deus nesse tipo de matéria. E é preciso respeitar um pouco a inteligência alheia, é preciso que a própria legislação não aproveite momentos emocionais para trazer coisas absolutamente irracionais”, disse.
Edição: Denise Griesinger

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Brasil em mais uma final da canoagem



Paula Laboissière – Repórter da Agência Brasil

O brasileiro Isaquias Queiroz venceu hoje (17) a primeira bateria das semifinais da canoagem de velocidade nos 200m com o tempo de 39seg659 e está classificado para a final. O atleta registrou ainda o melhor tempo das semifinais e aparece como favorito ao ouro na canoa individual. A disputa por medalhas acontece amanhã (18) na Arena Estádio da Lagoa.

Com o tempo de 3min58seg529, Isaquias Queiroz, 22 anos, conquistou ontem (16) a medalha de prata nos 1.000m. O atleta ficou atrás do alemão Sebastian Brendel, que fechou a prova com o tempo de 3min56seg926. O bronze ficou com o canoista da República da Moldova, Serghei Tarnovschi, com 4min00seg852.

Edição: Maria Claudia

Agência  Brasil

Futebol masculino disputa o ouro



terça-feira, 16 de agosto de 2016

Alison e Bruno fazem final no vôlei de praia


No sufoco, a dupla Alison e Bruno Schmidt venceu hoje os holandases Brouwer e Meeuwsen e o Brasil vai disputar o ouro no vôlei de praia masculino. Após vencer o primeiro set por 21 a 17, os brasileiros desperdiçaram quatro chances de fechar o segundo set e permitiram que os holandeses empatassem o jogo em 1 a 1.

No terceiro e decisivo set, as duas duplas seguiram trocando pontos e a liderança até o fim. Com um bloqueio espetacular de Alison, os brasileiros passaram à frente no décimo terceiro ponto.

Depois de 59 minutos de jogo, com mais um bloqueio do Mamute, apelido de Alison, o Brasil fechou o set e o jogo por 16 a 14. Os brasileiros disputam a final olímpica na quinta-feira (18), às 23h59.

Edição: Armando Cardoso




segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Vôlei de praia feminino poderá ter final brasileira



Paulo Victor Chagas - Repórter da Agência Brasil

As brasileiras Agatha e Bárbara fizeram muito bem o dever de casa na noite deste domingo (14) e seguiram os passos das conterrâneas Larissa e Talita no volêi de praia: as quatro estão a um passo da grande final olímpica ao conquistar a vaga para a semifinal. A disputa contra as russas Ekaterina Birlova e Evgenia Ukolova foi concorrida no início, mas o segundo set deu mostras de que as brasileiras eram as melhores da areia nesta partida.

O primeiro set foi digno de uma disputa olímpica. Embora as brasileiras tenham iniciado na frente, a seleção russa chegou a abrir seis pontos na frente, com 19 a 13. Mas, ponto a ponto, Agatha e Bárbara foram chegando perto das adversárias, até que empataram em 20 iguais. As russas ainda conseguiram alcançar o set point, mas logo depois foi a vez do "ponto do set" brasileiro, que foi convertido em 23 a 21.

Após o intervalo, as brasileiras tiveram um jogo mais tranquilo contra as russas. Com ataques ora fortes, ora com categoria e com boas defesas, surpreendendo as adversárias, Agatha e Bárbara iniciaram o segundo set abrindo 5 a 0. Depois, administraram a vantagem. O time russo chegou a encostar em alguns momentos, mas as brasileiras fecharam em 21 a 16.

Final brasileira

Agatha e Bárbara estão a uma vitória da final e poderão enfrentar Larissa e Talita na disputa pelo ouro, caso elas também vençam suas adversárias no próximo jogo. Agatha e Bárbara vão enfrentar as vencedoras do confronto entre Estados Unidos e Austrália, que ocorre neste momento.

Na pior das hipóteses, o Brasil tem pelo menos uma medalha de bronze garantida, já que as derrotadas das semifinais vão disputar o terceiro lugar da competição. Mas caso as duas duplas brasileiras vençam seus próximos desafios, podem garantir um ouro e uma prata históricos jogando em casa.

Edição: Fábio Massalli




sábado, 13 de agosto de 2016

Horizonte profundo - tragédia no golfo



Deepwater Horizon is an upcoming 2016 American biographical disaster thriller-drama film directed by Peter Berg, written by Matthew Sand and Matthew Michael Carnahan. The film stars Mark Wahlberg, Kurt Russell, John Malkovich, Gina Rodriguez, Dylan O'Brien and Kate Hudson. It is based on the 2010 Deepwater Horizon explosion and oil spill in the Gulf of Mexico. Principal photography began on April 27, 2015 in New Orleans, Louisiana. It is scheduled to be screened at the 2016 Toronto International Film Festival.

Deepwater Horizon é um filme americano biográfico de desastre e suspense de 2.016. O filme é dirigido por Peter Berg, escrito por Matthew Sand e Matthew Michael Carnahan e estrelado por Mark Wahlberg, Kurt Russell, John Malkovich, Gina Rodriguez, Dylan O'Brien e Kate Hudson. Baseia-se na explosão da plataforma Deepwater Horizon em 2010, explosão que provocou um gigantesco vazamento de óleo no Golfo do México. A fotografia principal começou em 27 de abril, 2015, em New Orleans, Louisiana. O filme está programado para ser exibido no Toronto International Film Festival 2016. 

Cast
Mark Wahlberg as Mike Williams
Kurt Russell as Brendan
John Malkovich as Edward
Gina Rodriguez as Andrea Fleytas
Dylan O'Brien as Caleb Holloway
Kate Hudson as Felicia Williams
Ethan Suplee as Jason Anderson
Henry Frost as Shane Rosto
Jeremy Sande as Adam Weise

Production
On March 8, 2011, it was announced that Summit Entertainment, Participant Media and Image Nation acquired the film rights to the New York Times' article Deepwater Horizon's Final Hours written by David Barstow, David S. Rohde and Stephanie Saul, released on December 25, 2010, about the 2010 Deepwater Horizon explosion and subsequent oil spill. Matthew Sand was set to write the screenplay while Lorenzo di Bonaventura was in talks to produce the film with his Di Bonaventura Pictures banner. Summit and Participant Media/Imagenation were also said to be financing the film. On acquiring the article to develop a film, President of Participant Media, Ricky Strauss said,

"This is a perfect fit for us–a suspenseful and inspiring real-life account of everyday people whose values are tested in the face of an impending environmental disaster."
On July 24, 2012, Ric Roman Waugh was in talks with the studios to direct the film, Mark Vahradian was also set to produce the film along with Bonaventura, Lions Gate Entertainment also joined the project to produce and distribute. On July 11, 2014, it was announced that All Is Lost's director J. C. Chandor had been hired to direct the film, whose screenplay's first draft was written by Sand and then Matthew Michael Carnahan wrote the second draft. In early October, it was confirmed that Summit would distribute the film, not Lionsgate. On January 30, 2015, it was reported that Lone Survivor director Peter Berg had replaced Chandor to re-team with Wahlberg for the film. Chandor exited due to some creative differences.

Casting
On August 19, 2014, casting began with actor Mark Wahlberg added for the lead role in the film. Gina Rodriguez was set on March 18, 2015 to play the female lead role in the film, where Wahlberg would play Mike Williams, an electrician on the Deepwater Horizon oil rig, while Rodriguez was set to play Andrea Fleytas, who noticed a blazing at the rig and tried to contact the Coast Guard. Dylan O'Brien was in talks to play Caleb Holloway reported by Deadline on April 10, 2015. Kurt Russell also joined the film on the same day O'Brien was in talks, Russell's role was unspecified yet. Soon after, John Malkovich was confirmed cast as a BP representative who underestimates the dangers of working on the rig. Kate Hudson was announced as a cast member in May, 2015, and will play the wife of Wahlberg's character; her role will be the first on-screen pairing of Hudson and Russell, who raised her as a child. Wahlberg's character was revealed in May 2015, that he would be playing the real-life hero Mike Williams.

Filming
Principal photography on the film began on April 27, 2015. It was later officially announced by Lionsgate on May 18, 2015, that the filming had begun in New Orleans, Louisiana. Scenes at the BP offices are to be filmed in Liverpool, England in September 2015, as it also often doubles as New York.

Release
On October 6, 2014, Summit Entertainment set Deepwater Horizon for a wide release on September 30, 2016. Lions Gate Entertainment handles distribution outside the United States under Lionsgate.


Directed by Peter Berg

Produced by:
Lorenzo di Bonaventura
Mark Vahradian
Mark Wahlberg
Stephen Levinson
David Womark

Screenplay by:
Matthew Michael Carnahan
Matthew Sand

Story by Matthew Sand

Baseado em Deepwater Horizon's Final Hours
de David Barstow

Starring:

Mark Wahlberg
Kurt Russell
John Malkovich
Gina Rodriguez
Dylan O'Brien
Kate Hudson

Music by Steve Jablonsky

Cinematography Enrique Chediak

Edited by:

Colby Parker Jr.
Gabriel Fleming

Production
company
Participant Media
Di Bonaventura Pictures
Closest to the Hole Productions
Leverage Entertainment

Distributed by Summit Entertainment

Data de estreia
September 2016 (TIFF)
September 30, 2016

País United States

Língua: English

Budget/orçamento $156 million




Cinema 2.016




quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Everything I own - Vanessa Hudgens



You sheltered me from harm

Kept me warm, kept me warm

You gave my life to me

Set me free, Set me free

The finest years I ever knew

were all the years I had with you

I would give anything I own,

Give up me life, my heart, my home.

I would give everything I own,

just to have you back again

You taught me how to love,

What it's of, what it's of.

You never said too much,

but still you showed the way,

and I knew from watching you

Nobody else could ever know

the part of me that can't let go

I would give anything I own,

Give up me life, my heart, my home

I would give everything I own

Just to have you back again

Is there someone you know,

you're loving them so,

but taking them all for granted?

You may lose them one day,

someone takes them away,

and they don't hear the words

you long to say

I would give anything I own,

Give up me life, my heart, my home

I would give everything I own

Just to have you back again,

Just to touch you once again

Tradução:

Você me protegeu das coisas ruins,

Me manteve aquecido, me manteve aquecido.

Você entregou minha vida para mim,

Me libertou, me libertou.

Os melhores anos que eu conheci,

Foram todos os anos que tive com você.

Eu daria qualquer coisa que eu possuo,

Desistiria da minha vida,

do meu coração, da minha casa.

Eu daria tudo que eu possuo,

Apenas para ter você de volta outra vez.

Você me ensinou como amar,

Do que é, do que é.

Você nunca disse muito,

Porém apesar disso, mostrou o caminho

E eu aprendi ao observar você.

Ninguém mais poderia conhecer

A parte de mim que não consegue desistir.

Eu daria qualquer coisa que eu possuo,

Desistiria da minha vida,

do meu coração, da minha casa.

Eu daria tudo que eu possuo,

Apenas para ter você de volta outra vez.

Existe alguém que você conhece,

Você está gostando muito deles

Mas considerando-os todos como certeza?

Você pode perdê-los algum dia,

Alguém os leva embora

E eles não ouvem as palavras

que você deseja dizer.

Eu daria qualquer coisa que eu possuo,

Desistiria da minha vida,

do meu coração, da minha casa.

Eu daria tudo que eu possuo

Apenas para ter você de volta outra vez,

Apenas para tocar você mais uma vez.







Mais músicas: