segunda-feira, 17 de outubro de 2011

O mistério do sonambulismo



Um dos mistérios mais interessantes relacionados a mente, sonambulismo, aumenta a lista de enigmas da mente humana.

Apesar de já terem dito que eu tinha sonambulismo, para todas essas vezes eu tinha uma explicação. Não, eu não tinha sonambulismo, nem conheci ninguém que tivesse.

Eu posso nunca ter tido sonambulismo, nem ter visto, mas se eu visse, dificilmente teria notado. O sonambulo é muito discreto e desde que sua casa, seu ambiente, não ofereça perigo, e ele não vá para muito longe, nem seja muito radical, poderia até passar despercebido.

É muito comum no cinema, quadrinhos e na literatura, por isso, informação é o que não falta. Apesar de não ser tão comum em minha família, eu conheço tudo sobre o tema.

Piadas como espalahar taxinhas ao redor da cama, não funcionam; outras piadas como amarrar ele no pé da cama, também não, mas a idéia do saco de dormir, com ziper é indicado para os casos graves.

O sonambulismo ocorre mais na infância, mas são raros os casos problemáticos. A duração pode variar de alguns segundos a 30 minutos.

Durante esse período, a pessoa tem a área que controla a parte motora do corpo mais ativa, mas a parte da memória continua em estado de repouso, como se a pessoa estivesse de fato dormindo. Devido a isso, a pessoa não se lembra do que aconteceu enquanto estava em estado de sonambulismo.

Não é perigoso acordar um sonâmbulo, pelo contrário, não acordá-la é que pode ser um grande perigo.

Na hora de acordar um sonambulo é preciso ter cuidado, pois ele pode ser violento, e isso não é novidade. O caso de crimes relacionados ao sonambulismo são mais raros ainda, por isso nem é bom comentar.

O que podemos dizer é que nos casos de sonambulismo mais graves, é inevitável que os preconceituosos e fanáticos queiram um lugar de destaque, em busca das desgraças alheias. Pessoas mais humildes são as maiores vítimas, mas também podem reagir.

Sonambulismo ocorre nos estágios 3 e 4, dentre os cinco estágios do cérebro, ou seja, duas horas depois do início do sono. Essa é a fase do sono de ondas lentas.

Problemas de sonambulismo podem ser tratados, mas isso só é recomendado em casos extremos, devido ao fato do sonambulo não oferecer perigo.

Fechar janelas e preparar um ambiente propício para quem faz atividades físicas mas não pensa, ou pensa pouco, como é o caso do sonambulo,  é muito importante.

Fatores de risco:

Uso de sedativos;

Consumo de álcool;

Estresse excessivo;

Ansiedade e;

Febre.

Problemas respiratórios;

Refluxo gastroesofágico;

Transtorno de estresse pós-traumático

Cuidados a serem tomados:

Dormir sempre em andar térreo, em quarto amplo;

Fechar e proteger as janelas;

Retirar os móveis baixos, cadeiras mesinhas;

Retirar objetos onde ele possa tropeçar;

Guardar objetos cortantes e perfurante em lugares de difícil acesso;

Psicoterapia;

Técnicas de relaxamento.

Tratamento de:

Depressão;

Distúrbios respiratórios;

Narcolepsia;

Movimentos periódicos de membros e doenças neurológicas;

Fonte: Wikipedia

Textos relacionados a mente:

Quando a mente tem um ataque

O que uma pessoas com epilepsia sente


  • Sonhos Lúcidos


  • Lado obscuro da mente



  • Pesadelos reais


  • Significado dos Sonhos

  • Texto: By Jânio
    Postar um comentário