quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Dispositivo permite controlar as máquinas com o pensamento



O Universo inteiro representa um grande mecanismo, onde nada pode parar. Esse mecanismo possui variados elementos que ainda representam mistérios para o homem.

Elementos simples como a luz e o átomo parecem apresentar a chave para todos os mistérios das galaxias, mas talvez o Universo não seja tão simples assim.

DarWin não precisou dar a volta ao mundo para elaborar suas teorias, da Inglaterra até a Agentina ele conseguiu decifrar as origens do homem. Se ele já tinha essas teorias prontas e só precisava de algumas provas concretas para apresentar seus estudos para a comunidade científica, ninguém sabe.

Nos últimos séculos, o homem conseguiu muitos avanços ciêntíficos, bebê de proveta, coração artificial e tantas outras maravilhas úteis, mas alguns acidentes de percurso levaram o homem a idealizar projetos científicos catastróficos, como foi o caso da bomba atômica, revelando tecnologicamente a natureza mais primitiva dos seres humanos.

Nos últimos anos, os cientístas entraram numa área que poderia levar o homem a realizar muitos de seus sonhos, e criar muitas maldições também, afinal, essa área, o cérebro, controla todo o corpo e a mente do ser humano. Dizer que essas pesquisas estariam conquistando corações e mentes, não seria apenas força de expressão.

O cérebro controla toda a nossa fisiologia, controla nosso crescimento, cor da pele e cada reação de nosso corpo. De certa forma, somos o centro do Universo, pelo menos do nosso próprio Universo.

O corpo humano é assim, cheio de vida, um centro de tecnologia em excelência, pronto para interagir e controlar quase tudo.

...e ainda busca vida fora da Terra, de preferência inteligente, mesmo que seja para sermos escravos de uma raça superior.

Alguns até acreditam que um ser humano evoluído não usaria da violência, mas isso também dependeria da forma como nós, os seres primitivos, nos  comportássemos diante de nossos senhores.

Talvez o homem finalmente tivesse a chance de ser imortal, através de uma ciência avançada, mesmo tendo de servir a essa raça superior para toda a eternidade...mas o homen sensato sempre serviu aos deuses, não é mesmo?

Enquanto isso não acontece, o homem ainda sonha com a possíbilidade de viajar através de um portal para a quarta dimensão, isso evitaria de ele ter de evoluir naturalmente.

Voltando para a nossa realidade, José Contreras-Vidal, da Universidade de Maryland, junto a sua equipe de cientistas,  desenvolveram uma touca cerebral capaz de receber comandos do cébebro. Essa touca funciona como uma espécie de modem, recebendo os impulsos elétricos do cérebro, responsáveis pelas suas funções fisiológicas e decodificando esses impulsos elétricos.

Os cientistas acreditam, tanto que o cérebro de uma pessoa com derrame cerebral possa ser reeducado com o auxílio dessa touca, quanto  em, através dessa touca, utilizar os impulsos elétricos de um cérebro sadio, para que essas funções possam ser reativadas.

A touca funciona a base de eletrodos que ficam sobre o couro cabeludo, interagindo com o cérebro através desses eletrodos. No Brasil já há cientistas em níveis avançados na área do cérebro-máquina.

Essa touca permitiria o controle das máquinas com o pensamento, casos da cadeira de rodas, computadores, próteses, etc.

O projeto de Contreras-Vidal diferencia-se dos outros projetos, em andamento pelo mundo, devido ao equipamento não necessitar implantar eletrodos diretamente no cérebro.

Através desse dispositivo, todos os movimentos debilitados do corpo poderiam ser controlados.

Fonte: Journal of Neurophysiology

By Jânio

Nova invenção permite o controle do cérebro
Postar um comentário