terça-feira, 11 de outubro de 2011

Os pregadores da verdade



A sociedade se desenvolveu naturalmente, agrupou-se, formaram-se famílias. Os grupos menores deram origem a outros maiores, formando tribos que originaram o primeiros reinos.

Estudando as origens de várias civilizações, fico pensando em como o homem é pequeno diante de um planeta tão antigo. As supostas verdades diabólicas de Darwin parecem soar como uma ditadura filosófica, usando como principal argumento a natureza má do homem, onde só o mais forte e mais perfeito sobrevive.

A Bíblia e o seu contraditório Antigo Testamento entram em conflito com as palavras revolucionárias de Jesus Cristo, mas não sem antes mostrar que somos descendentes do pecado de Adão e Eva, e do criminoso Caim.

Os pecados e/ou crimes cometidos há milhares de anos atrás, continuam servindo de parâmetro para a moral e os bons costumes da atualidade.

Nossa estabilidade social foi construída a partir de muitas, guerras, conspirações, mentiras, crimes, traições, pecados e muitos outros conflitos ideológicos. A verdade foi posta de lado, para dar lugar ao sensato, criando o nosso mundo de faz de conta.

Para conter a ambição dos descontentes, foram oferecidos a eles todas as riquezas do mundo. As pessoas comuns passaram a servir aos príncipes e princesas.

Muito tempo se passou mas os conflitos obrigaram os reis e rainhas a atenderem aos poderosos e submeter os povos a servidão injusta, aumentando o poder da burguesia e da aristocracia. 

As revoluções dos sistemas e das máquinas ameaçaram transformar o mundo, mas os ricos tinham mais tempo para pensar e conseguiram manipular as pessoas que ousavam desafiar o poder.

Durante algum tempo a demagogia reinou quase absoluta, mentes diabólicas usaram o nome de Deus para conquistar corações e mentes, até a revolução da informação. 

Agora estão dizendo que a informática criará a marca da besta, mas é apenas mais uma conspiração contra o inevitável. A marca da besta não está na criação do homem, mas sim na sua maldade.

A internet conseguiu o inimaginável, tornar a informação do povo mais forte que as idéias mentirosas dos ambiciosos. Agora, os poderosos são vistos como pessoas asquerosas, mentirosas, falsas, criminosas e indignas da confiança do povo, tendo de fugir da imprensa e do contado direto com as pessoas.

O poder já não é visto com bons olhos e as verdades milenares já estão sendo redescobertas, criando um conflito que só se viu na idade média, após a queda do império romano.

Livros proibidos que foram preservados por interesses, por conter verdades que poderiam proporcionar vantagens a quem as descobrisse, estão saindo de seus paradeiros, o equilíbrio do poder está ameaçado.

Que não se assustem as pessoas, pois o desequilíbrio do poder implica no equilíbrio da sociedade. Será preciso que as supostas verdades sejam submetidas a análise do povo para que possam reinar eternamente.

Estaremos novamente diante do preconceito, das lendas e das trevas, mas nunca estivemos tão bem preparados como agora. A luz da sabedoria e da informação nos guiará diante de todos os obstáculos, evitando que possamos sucumbir diante de incertezas.

As verdades que nos foram negadas durande milhares de anos, para que os medíocres pudessem reinar, finalmente serão conhecidas.

By Jânio




Postar um comentário