domingo, 16 de março de 2014

Avião da Malaysia foi sequestrado




Os investigadores concluíram que o avião desaparecido da Malaysia Airlines, com 239 pessoas a bordo, foi sequestrado e desviado de sua rota original. Vários relatórios sugerem que o sistema de comunicação da aeronave teria sido desativado de propósito.

Um dos oficiais que participou da investigação confirmou que o avião foi sequestrado e que esta dedução não é mais uma teoria, "é conclusiva", relata a agência AP. Até o momento os pesquisadores não conseguiram revelar o motivo do seqüestro. Também não sabem ainda qual é o seu paradeiro.

Segundo a agência AP, o vôo MH370 foi raptado por uma ou mais pessoas com significativa experiência em pilotagem de aeronaves que, depois de interromper as comunicações, conseguiu desviá-lo.

De acordo com um relatório técnico, o avião poderia voar quatro horas depois de desaparecer dos radares, podendo alcançar uma distância de até 4.000 km. De acordo com esta hipótese, o avião poderia ter chegado ao Mar Arábico, perto do Paquistão. Além disso, é relatado que os radares militares detectaram uma aeronave a noroeste da Malásia, na mesma hora em que desapareceu o avião do vôo MH370. Esta versão sugere que a aeronave poderia voar até as ilhas Andaman. Enquanto isso, uma fonte citada pela agência de notícias Bloomberg, afirma que a última transmissão via satélite do avião de passageiros pode ser localizada no Oceano Índico, a oeste da Austrália.

Todas estas teorias confirmam que o avião mudou completamente de rota, mas a localização onde os distintos relatórios sugerem que se encontra o avião, diferem em centenas de quilômetros.  O primeiro ministro malayo, Najib Tun Razak Datuk, disse que estudam duas possíveis ponte aéreas que poderia ter tomado o avião. Uma é a zona fronteriça entre o Cazaquistão e Turquemenistão, a outra seria da Indonésia até o sul da Índia.

Comentários:

Resumindo: Eles não estão sabendo de nada.

Não dá para entender o porquê do suposto sequestro desse avião, a não ser que houvesse alguém importante nesse avião que nunca saberemos quem era, já que a informação mundial é monopolizada. Pelo que estamos acompanhando, as pessoas são humildes e algumas parecem até ingênuas.

O que eu posso dizer, depois de observar as prováveis rotas de destino, é que logo toda a miséria da Ásia será conhecida, pois são essas as regiões citadas no texto. Naturalmente, eu não estou me referindo apenas a países pobres, também há países até com potencial nuclear, como a índia e o Paquistão, curiosamente adversários políticos, e que são ricos pobres.

Enquanto isso, no Brasil, as mídias de massa se emociona ao falar em baderneiros e vândalos, confundindo com manifestantes, que na verdade são os mesmos na visão das mídias. Enquanto a farsa da democracia vai se manifestando, sem que ninguém possa fazer nada para impor seus direitos e vontade, o sistema burocrático é implacável, criando novas regras que supõe melhorias mas que apenas implicam em mais impostos e taxas.

Quando as pessoas perdem a cabeça e começam a depredar tudo, parece que são apenas marginais, mas a quantidade de pessoas indignadas, dispostas a destruir tudo o que encontram pela frente, demonstra o contrário, e está aumentando o número de pessoas.

Eu poderia até sentir um gosto de alívio, ao ver as pessoas reagindo ao desmando político, acontece que há um perigo por trás disso tudo. Já passamos por todos os sistemas de governos que existem, exceto o comunismo, e esta migração para o radicalismo poderá nos levar a ditaduras semelhantes ao nazismo e o facismo.

Já foram detectadas organizações por trás disso, mas isso não é o pior, o pior é que as pessoas estão começando a gostar, descarregando a sua fúria.

Mídias de massa como a televisão, que durante quinhentos anos divulgaram notícias apenas superficialmente, estão sendo banidas das manifestações populares, as pessoas sabem que serão tratadas como marginais, por isso estão reagindo. Seria melhor que a televisão se mantivesse à distância como sempre fez, continuando o seu papel de propaganda política elitizada, bem longe da população.

Eu só sinto que essas manifestações não sejam mais organizadas, como ocorria nos anos sessenta, quando o verdadeiro alvo era atingido. Talvez seja porque o crime se tornou mais organizado e as pessoas não estejam conseguindo identificar os verdadeiros culpados por detrás de tantas laranjas podres do Ceagesp.

Comentário: By Jânio

Fonte: RT-TV

Postar um comentário