quarta-feira, 1 de maio de 2013

Mulheres violentam homem no Zimbawe




Polícia do Zimbawe está procurando um grupo formado por duas mulheres e um homem que supostamente teriam sequestrado e violentado repetidamente, durante quatro dias, a um jovem soldado.

Segundo a polícia, tudo começou em 19 de abril passado, quando duas mulheres e um homem, em uma mercedes bens, ofereceram uma carona para um soldado de 25 anos, até a cidade de Mutare.

Depois de seguir na direção correta durante uma hora, o motorista mudou repentinamente de trajeto e passou a ameaçar a vítima com uma faca.

"Foi então que uma das passageiras cobriu os olhos do jovem com um pano negro" disse o inspetor Muzondiwa Clean, na província de Manica, citado pelo Associated Press.

O grupo que ainda não foi preso, levou o homem para casa. Roubaram seu telefone e 35 dólares em dinheiro, antes de despi-lo e violentá-lo, informou o jornal "Newsday".

Durante os quatro dias seguintes, ele foi obrigado a manter relações sexuais com uma das mulheres.

Em 23 de abril, o grupo vendou mais uma vez os olhos do soldado e o levaram até as montanhas Dangamvura. Ali, lançaram-lhe pedras e abandonaram-no como morto.

No entanto, o soldado conseguiu sobreviver e chegar a delegacia do subúrbio de Sakubva, na cidade de Mutare, onde registrou denúncia por abuso.

Fonte: RT-TV

Postar um comentário