quarta-feira, 17 de abril de 2013

Quase real




De um modo geral, o mundo está muito obscuro, confuso. O que acontece no Oriente Médio, a crise mundial que poucas pessoas conseguem entender, etc.

O controle das comunicações pelo capital, uma estratégia lucrativa e perigosa, transformou o mundo numa ficção, e a justiça numa teoria. Isso era tudo o que não precisávamos, já que nos últimos séculos o controle das massas nos tornou cegos, surdos e mudos.

Essa falta de percepção nos controla, mas também nos deixa instáveis. Em algum momento de nossa vida, nossa mente tão sofisticada sai de controle e começa a acordar outras mentes, criando movimentos de resistência que poderiam comprometer os interesses dos donos do mundo.

Vendo por essa ótica, a Televisão torna-se um veículo de comunicação quase diabólico, ela concentra quase a metade da audiência, informação e entretenimento. Através dela, as pessoas assistem aos sonhos que não podem realizar, enquanto ficam cada vez mais anestesiados, domesticados.



Nos momentos em que os programas líderes de audiência perdem popularidade, como é o caso das novelas, que não conseguiram ultrapassar seis meses de controle mental, com raras exceções - atualmente vive uma fase de incertezas - surgem novas alternativas.

Os games tem ultrapassado o cinema em termos de rentabilidade e, se antes a fiscalização era rígida quanto aos efeitos causados por eles, hoje, proibir o comércio de um determinado game tornou-se extremamente complicado e burocrático, devido ao capital envolvido.

Países desenvolvidos como os EUA, precisam de dispositivos contra as crises, como é o caso da biotecnologia que em alguns casos demonstra as maravilhas que o homem pode produzir  e, em outros, cria uma indústria responsável pela contaminação e decadência da saúde, já que a fiscalização não consegue fazer frente ao poder do dinheiro.

... mas todos nós sabemos que não se pode subestimar a capacidade de sobrevivência do ser humano. Não sabemos nosso passado, quem somos ou de onde viemos, como se isso não bastasse, alguns indivíduos desenvolvem poderes mentais inacreditáveis, demonstrando que não é só o nosso passado que é obscuro, a nossa mente está muito presente em nossos questionamentos.

As mensagens subliminares podem preocupar as pessoas, mas creio que poderá incomodar ainda mais os poderosos, na medida em que as pessoas tomarem conhecimentos desses dispositivos de percepção e passarem a controlá-los.



Um exemplo da instabilidade do controle mental, começou na internet. A falta de censura, liberdade de expressão, abriu muitas mentes e despertou muita gente para verdades inconvenientes. Infelizmente, ficamos como animais que passaram a vida inteira na corrente e agora ganharam a liberdade, mas não sabem o que fazer.

Um cachorro doméstico não consegue se decidir pela liberdade da vida selvagem, exceto se for solto numa floresta contra a sua vontade. Um pássaro que ficou preso a vida inteira na gaiola, quando solto, pouca chance terá de sobrevivência, exceto se for acompanhado nesse processo.

Aqui chegamos ao ser humano.



Quando as novelas já não são suficientes para prender a atenção, quando a vida torna-se mais fictícia que a televisão, há a necessidade de uma nova forma de entretenimento que possa nos levar de volta às correntes, às gaiolas. As pessoas passam a vida trabalhando sem ter dinheiro sequer para comprar uma casa, sabem que no futuro vão morrer numa fila de previdência, mesmo assim não conseguem replanejar suas vidas.

Os realities shows foram uma alternativa interessante para aumentar a audiência da TV, mas que não funcionou perfeitamente. Motivados por um prêmio que para a classe média seria equivalente a um prêmio de loteria, pessoas comuns expõe sua privacidade e os poucos segredos que o povo ainda não revelou aos donos do poder.

Empresas de marqueting, vendedores, pilantras, estelionatários e até políticos, estão dispostos a perder alguns minutos ou horas para estudar o comportamento humano através dos realities shows.

Mas os realities shows não são suficientes para controlar toda essa geração de expectadores interativos, então, a demanda por novas tecnologias torna-se ainda mais lucrativa.



Mal o conceito 3D chegou ao mercado, esbarrando na falta de infraestrutura, o 4D já mostra que a tecnologia está evoluindo mais rapidamente que a gestão pública e até que a iniciativa privada, já que os empresários mostram-se excluídos digitais, pior, voluntariamente.

O 4D segue uma tendência de nos apresentar uma realidade virtual, fazendo-nos viver uma realidade, mesmo sem sair de uma poltrona.

Por um lado, isso pode atender a demanda do mercado de entretenimento, por outro lado, ninguém sabe qual será a reação da mente humana, a longo prazo, diante de tal tecnologia. Fica difícil saber como uma pessoa vai se comportar no futuro, quando desligar esse dispositivo tecnológico de entretenimento.

A ficção tem apresentado boas visões do tema, oferecendo oportunidades de discussão, entretanto, muitas pessoas não tem percepção das críticas embutidas nos filmes.



Em Matrix, um homem sente que algo está errado, e que sua vida não passa de uma ilusão. Na vida real, pessoas com algum tipo de distúrbio mental, tendem a sair de controle, sendo considerados loucos, como é o caso dos epilépticos.

Vanila Sky apresenta o conceito de sonhos lúcidos, tão comuns em quem tem epilepsia, apesar de todas as pessoas apresentarem esse sintoma em menor grau. Um homem morre e é congelado, para voltar a vida no futuro, algo sai errado, já contei demais o filme.

A loucura tem apresentado várias formas de realidades assustadoramente reais, com é o caso de Peggy Sue, de Coppola, Camisa de Força e O Terceiro Olho, filmes que valem a pena ser conferido. Outras boas surpresas são Espinha do Diabo e Sexto sentido.



By Jânio

Imagem em 3D de marte

O que é uma imagem em 4D

Prisioneiros da quarta dimensão

A morte de Osama Bin Laden

Ciência cega

Natureza obscura da mente humana

Percepção do nada 

Mensagens sublimares

Quando a mente tem um ataque

Informações censuradas

Lavagem cerebral

Memória inconsciente

Sonhos Lúcidos

Vendedoras de sonhos e pesadelos

Máquina permite o controle da mente


Postar um comentário