domingo, 10 de fevereiro de 2013

Robô inseto



Cientistas japoneses apresentaram publicamente a sua mais recente conquista, uma combinação de engenharia e biologia: um robô impulsionado por um inseto.

Durante esse estudo, ficou provado que uma mariposa macho é capaz de dirigir um carro minúsculo, impulsionado pelo cheiro de uma mariposa fêmea. Este inseto foi escolhido pelo padrão peculiar de sua dança do acasalamento: antes do acasalamento, o macho executa movimentos femininos em ziguezague.

E foi assim que os pesquisadores da Universidade de Tóquio fizeram uma mariposa levar um robô de de duas rodas, andando em uma bola de isopor. Quando o macho sentia o cheiro da fêmea, mudava o comportamento para o feminino. Seu desejo era tão forte que, mesmo quando os pesquisadores colocaram obstáculos, não mudaram o padrão de seus movimentos.

O experimento foi realizado como diversão. Ao estudar o comportamento de insetos, os cientistas esperam aprender como usar os odores para buscar esses conhecimentos em busca de vazamentos de produtos químicos, perigosos para o meio ambiente.

Bonte: RT-TV

Tecnologia da invisibilidade

Jetpack - o Foguete pessoal

Teletransporte de dados

Controle mental das máquinas


Postar um comentário