domingo, 4 de novembro de 2012

Pesadelo brasileiro




Muita gente ficou chocada com a Sandy, quando ela deu declarações polêmicas à Playboy, pouco tempo depois ela se tornaria uma mulher devassa, tentando se livrar de vez da eterna menina e cantora sertaneja.

Nana Gouveia fez vários ensaios para essa mesma revista masculina, acontece que ficar pelada já se tornou uma forma de ganhar dinheiro e a burguesia sempre apela para Playboy, Brasileirinhas ou Big Brother, quando precisam de alguns trocados, portanto, nada de muito escandaloso.

Depois de destruir parte da costa dos EUA e Canadá, a tempestade Sandy ainda mostrou que  havia deixado mais que destroços e sofrimento. Acontece que Nana Gouveia decidiu fazer um ensaio um tanto quanto anti-jornalístico e polêmico, mostrando os destroços do furacão, enquanto exibia sua elegância e beleza, contrastando com todas as desgraças do furacão.

É isso mesmo, meus amigos, Nana Gouveia conseguiu, depois de tanto tempo pelada, causar polêmica, e sem tirar a roupa - sinal dos tempos ou final dos tempos?

Nem é preciso dizer que os americanos reagiram violentamente e passaram a repudiar a atitude da moça. Essa história se espalhou e chegou aos grandes jornais e revistas que comentaram sobre a falta de sensibilidade da modelo e atriz brasileira.



Como desgraça pouca é bobagem, a internet foi bombardeada por fotos de tragédias com a imagem de Nana Gouveia, numa reação viral terrível.

As montagens das fotos mostram Nana Gouveia em episódios como: assassinato de John Kennedy, bomba atômica no Japão, 11 de setembro e outras imagens suficientes para fazer o governo norte-americano proibir a entrada de brasileiros nos EUA, nos próximos dez mil anos - só não dá para dizer que Nana Gouveia não vai entender o motivo da polêmica, depois de tantas montagens.

Eu não vou defender ninguém mas fiquei curioso para entender o que levou a modelo a se expor a essa situação. A conclusão a qual eu cheguei é que a modelo poderia ter tentado passar a imagem de Rambo, Dirty Harry, Wolverine ou algum outro tipo de valentão que não teme nada e nem se preocupa com o perigo. Para piorar, ela teria dito algo como: "Eu adoro furacões", frase bem típica de super-heróis trogloditas, aliás, essa frase seria suficiente até para Stallone/Rambo nunca mais pedir macaquinho de presente, aqui no Brasil.

As montagens brasileiras não vão ajudar Nana Gouveia em nada e podem deixar o Brasil numa situação bem constrangedora, diante dos norte-americanos.

Resta-nos esperar para ver o que ocorrerá depois que essa tormenta passar.

By Jânio

Stallone irrita burguesia brasileira

O fim das aparências

Burguesia - ricos modernos

Decadência da família brasileira

Postar um comentário