domingo, 8 de julho de 2012

Como é um debate político na Jordânia



Os debates sobre a situação na Síria estão cada vez mais tensos. Desta vez foi num programa de televisão  da Jordânia, onde este tema quase levou a um assassinato.

No início, a discussão de dois parlamentares, em frente às câmeras, sobre a posição de seu governo  no conflito, teve um caráter pacífico. Os rivais tiveram pontos de vista completamente opostos,  e  o tom da conversa foi aumentando, mesmo sem que ninguém previsse que minutos depois todos os presentes no estúdio entrariam em choque.

O tom da discussão mudou de repente: "Você é um agente de Mossad", gritou o deputado Mohammed Shawabka. Seu interlocutor, Mansour Sayf Al-Din Murad, devolveu o insulto e chamou de "sem vergonha" e "ladrão". O apresentador que estava sentado entre os dois homens furiosos, tentou acalmá-los, mas sem sucesso. Shawabka lançou um sapato no adversário e sacou uma pistola.

Ambos se levantaram de onde estavam sentados e se puseram frente a frente. O apresentador tratou de separá-los, mas falhou novamente.

A transmissão foi cortada e apareceu nos créditos nos créditos da tela.

Segundo a mídia local, para desarmar Shawabka, o pessoal da segurança teve de intervir.

Veja o vídeo: RT-TV

Postar um comentário