domingo, 6 de abril de 2014

Informações que não deveriam estar no Facebook




A prática de vários usuários de postar toneladas de detalhes íntimos de suas vidas no Facebook e outras redes sociais, pode torná-las ferramentas perigosas, já que nunca se pode controlar quem está realmente seguindo suas atualizações.

A maioria dos usuários do Facebook e outras redes sociais acreditam que, enquanto se asseguram que suas configurações de privacidade estão definidas corretamente, estão a salvo dentro de seu círculo de amigos. No entanto, o problema é que nunca se sabe quem está realmente olhando para suas informações: a conta de um amigo ou parente poderia ter sido 'hackeada' após a instalação de um aplicativo, ou qualquer um poderia estar usando sua conta porque  você esqueceu de fazer logoff em um computador público.

Para o bem da segurança dos usuários e de suas famílias, o portal citifmonline.com oferece uma lista de 5 coisas que você nunca deve postar no Facebook ou outras redes sociais.

01 - Datas de nascimento completas

Quando o usuário divulga informações sobre sua data de nascimento ou de seus familiares, está fornecendo uma das 3 ou 4 peças-chave de informações pessoais que podem ser usados por ladrões de identidade para roubá-la. O melhor é que esse tipo de dado não seja publicado  em absoluto ou que se especifique só o ano. Porque os verdadeiros amigos devem saber esta informação de qualquer maneira.

02 - O estado civil

Alguns criminosos adorariam saber que a pessoa que lhes interessa mudou seu status para "solteiro(a)", recebendo a luz verde que eles estavam procurando para fechar o cerco, inclusive, já sabendo que a pessoa está sozinha em casa, sem o seu parceiro ao seu lado. O melhor a fazer é deixar este espaço em branco no seu perfil.

03 - A localização atual

Muitos usuários do Facebook adorariam marcar a sua localização para especificar onde você está. Isso abre caminho para os ladrões: o próprio usuário contou que está do outro lado do mundo, curtindo suas férias, e não retornará até duas semanas depois. Os criminosos sabem exatamente quanto tempo eles têm para roubar a sua casa. Então é melhor fazer o upload de suas fotos de férias só quando você chegar em casa.

04 - Dizer que está só em casa

É extremamente importante que os pais se assegurem que seus filhos nunca deixaram claro o fato de que eles estão sozinhos em casa, em sua ausência. Postar este tipo de informação nas redes sociais pode pôr em perigo tanto as crianças, quanto os usuários adultos.

05 - Fotos de crianças rotuladas com seus nomes

Os pais orgulhosos publicam centenas de fotografias e vídeos de seus filhos no Facebook, sem pensar duas vezes. Alguns até já substituíram suas fotos de perfis com seus filhos. Além disso, provavelmente, 9 em cada 10 pais gravaram o nome completo do seu filho, a data e a hora exata de seu nascimento, alguns até mesmo enquanto ainda estavam no hospital, depois do parto. alguns publicam as fotos de seus pequenos, rotulando-os e a seus amigos, irmãos e outros parentes.

Tais informações poderiam ser usadas por criminosos para atrair seu filho. Um criminoso poderia usar o nome de seu filho e sua família e amigos para demonstrar confiança e convencê-lo de que não é realmente um estranho, só porque ele sabe detalhes de sua vida.

Fonte: RT-TV

Como não fazer aniversário na facebook

Carência virtual

Acesso a páginas bloqueadas é possível

Publicitários de olho no Twitter


Postar um comentário