sexta-feira, 15 de abril de 2016

Moeda mais valorizada do mundo



A moeda nacional da Zâmbia, o kwacha, deixou de ser o terceiro pior desempenho no mundo para ser o melhor deste ano, superando todas as outras moedas e ultrapassou até mesmo o ouro, em valorização, prata e outros metais preciosos, relata  a Bloomberg .

Nos primeiros três meses e meio deste ano o kwacha subiu 19,9% em relação ao dólar americano e fechou a sexta-feira em 9.175 unidades (pontos) no mercado de câmbio, superando o aumento de 16,3% experimentado pelo ouro.

A ascensão da moeda Africana responde à recuperação dos preços do cobre, o principal produto de exportação da Zâmbia, que por sua vez é o segundo maior produtor deste metal na África. No ano passado, o kwacha entrou em colapso, caindo 42% devido a uma grave crise energética, queda nos preços do cobre e um déficit orçamentário crescente.

Enquanto isso, a moeda dos EUA está se tornando menos respeitada no mundo, por isso estão revendo as leis que regeram o comportamento dos investidores no mercado de ações durante décadas.

Uma das regras básicas do mundo de investimentos que dizia, "se o dólar sobe, os preços das matérias-primas cai", não funciona mais, sustenta o reconhecido especialista em mercados, Dennis Gartman. "O que vemos é um respeito menor ao dólar americano e consequentemente o uso de outras moedas para comprar matérias-primas (commodities)", disse o economista.

Fonte: RT-TV

Imagem: Reuters

Moedas mais valorizadas do mundo

Melhores cidades para viver


Postar um comentário