sexta-feira, 14 de agosto de 2015

A arma da máfia



Já dizia um grande escritor famoso: "Homem de verdade mata com revólver, o covarde mata com palavras". 

No filme "Era uma vez no Oeste", o dono da ferrovia diz: "Só há uma arma melhor que o revólver, o dinheiro".

Na segunda guerra mundial os melhores espiões eram as prostitutas, que não eram prostitutas mas agentes infiltrados na elite das forças de defesa nazistas. Sabendo disso, seria possível simular uma situação em que informações pudessem ser forjadas. 

A traição de cristo foi conspirada pelos poderosos da religião judaica que entregaram Jesus aos romanos e exigiram que fosse feita a justiça, ou seja, crucificação por blasfêmias e outros supostos crimes.

A morte de Júlio César ficou famosa porque todos os senadores teriam esfaqueado o famoso líder romano pelas costas.

A decadência americana começou com um suposto ataque terrorista em massa que teria afetado a confiança dos investidores.

No Brasil, o golpe de 64  usou como pretexto a ameaça comunista mas, por trás de tudo, havia uma organização interessada em explorar as possibilidades economico-polito-finaceiras do país.

Os magnatas capitalista tem se beneficiado dos paraísos fiscais para investir dinheiro de origem duvidosa, evasão de divisas, lavagem.

A CBF vende os direitos dos jogos de futebol para uma empresa controlada pela Globo que renegocia esses direitos no exterior. Em troca, participa de negociações batizadas para exibição dos jogos. Todas as mídias de massa do país são controladas pelo financiamento público.

Como podemos ver, há muitas formas de controlar o sistema ou parte dele, mas nada é mais importante do que o silêncio.

No caso da esquerda, não há muito temor de escândalos, já que a esquerda surge praticamente do nada, eles já estão acostumados dom escândalos. A direita praticamente criou sistema e mantém tudo muito bem organizado, por isso, ao menor sinal de escândalo, algumas pessoas chaves são eliminadas.

Segundo os mafiosos mais experientes, o tesoureiro ou o contador são peças chaves da máfia, são as cabeças que poderão rolar primeiro, caso a polícia comece a investigar. Fora estes, a ordem é manter o "bico" fechado para manter a segurança do grupo.

A organização criminosa da política pode manter pequenos "ladrões de galinha" calados em benefício de bilionários corruptos e, pior, no caso da direita, os crimes são praticados dentro da lei, apenas os incompetentes mafiosos da esquerda desconhecem a lei e acabam presos. Atualmente o governo é do PT, mas quem governa de fato é o PMDB, sua força política é tanta que nenhum corrupto desse partido teve problemas com a justiça, nas pocas vezes que foram processados, sua força política foi suficientes para livrá-los da cadeia.

Como o Brasil nunca teve uma revolução bem sucedida, não há muito a se fazer. A ordem é ficar em silêncio, qualquer pessoa que desobedeça essa lei marcial, é morto.  Se todos denunciassem, não haveria como matar a todos, mas se apenas um denuncia, sofre as consequências.

Quando os roubos são feitos dentro da lei, o fato só passa a ser de conhecimento público quando as "tetas" mudam de boca, ou quando os interesses políticos são maiores que as influências dos ladrões.

As pessoas mais ricos do país são burocratas, donos de televisão e banqueiros, são os mais corruptos também.

By Jânio

Sistemas corrompem 

A farsa da falsa democracia

Corporativismo midiático

O jogo do poder


Postar um comentário