terça-feira, 24 de março de 2015

O milagre do Papa Francisco




Atribuído um "milagre" ao Papa Francisco  ao liquefazer o sangue de São Januário (San Genaro), santo padroeiro de Nápoles, em sua presença.

O sangue de San Genaro, santo padroeiro de Nápoles, se liquefez no sábado, enquanto o Papa Francisco venerava suas relíquias. Normalmente, o sangue fica seco dentro do vidro mas, desta vez, ao beijar a relíquia, começou a tornar-se líquido.

O Cardeal napolitano Crescenzio Sepe disse se tratar de um "milagre", já que isto não ocorreu nas visitas à cidade com São João Paulo II e o Papa emérito Bento XVI. "É o sinal de que San Genaro ama Francisco" disse o "Vatican Insider". O fenômeno não ocorrera diante de um papa desde 1848.

Ao comentar sobre o fato de que a metade do sangue se convertera em líquido, o Papa Francisco explicou, "Vê-se que o Santo nos quer só a metade. Temos que nos converter por inteiro".  No entanto, o sangue continua o processo de liquefação até que toda a relíquia se converteu em líquido.

Fonte: RT-TV

Imagem: Reuters

Francisco I é o novo Papa



Postar um comentário