sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Top cinco ciências para prolongar a vida



As possibilidades  de prolongar a vida sempre preocuparam a humanidade. Se você está interessado em viver mais e  o mais saudável possível, você poderá se interessar por essas tecnologias contemporâneas.

01) Geroprotetores

Geroprotetores faz parte da medicina destinada a prolongar a vida, tais como antioxidantes, bio-estimulantes, inibidores da síntese de proteínas, hormônio, e assim por diante. Experimentos em animais demonstraram a capacidade desses medicamentos para prolongar a vida e a juventude de animais.

02) Gene Therapy - Terapia genética

A terapia genética consiste na inserção no genoma de um indivíduo de genes ausentes ou danificados. É um tratamento indicado para doenças genéticas e doenças adquiridas. A terapia genética passa por uma fase de desenvolvendo, mas é muito promissora para a cura de muitas doenças e também para prolongar a vida. 


03) Medicina Regenerativa

A medicina regenerativa é outra disciplina que está se desenvolvendo a passos largos. Também conhecida como engenharia de tecidos e terapia celular, a medicina regenerativa dedica-se a restaurar tecidos danificados por trauma ou doença, ativando a regeneração das células do corpo, ou o tratamento de tecidos e órgãos a partir de células-tronco do próprio corpo. O maior êxito da medicina regenerativa foi alcançado no tratamento  da diabetes, doenças cardíacas, doenças neurológicas e visão, e em estomatologia.

04) Ciborguização

O ciborguização consiste em substituição de órgãos por análogos cibernéticos. A tecnologia já permitiu que muitos deficientes voltassem a usar usar os braços, pernas, olhos e outros órgãos. Os defensores mais árduos desta tecnologia esperam que seja possível transplantar o corpo inteiro, trocando por organismos cibernéticos, alcançando assim a imortalidade. 


05) Cryonics - Criônica

A criônica consite no congelamento de um organismo com o propósito de descongelá-lo mais tarde. A ideia de congelar as pessoas que sofrem de doenças incuráveis para despertá-las no futuro, quando a ciência já tenha encontrado uma forma para curá-las, essa tecnologia tem chamado a atenção das pessoas há algum tempo.

No momento, congelam apenas o falecido porque não existem tecnologias para descongelar organismos com vida, e crionizar uma pessoa viva seria considerado assassinato. Até agora já foram crionizadas centenas de pessoas no mundo e existem quatro empresas onde é possível realizar a criogenia, uma das quais está na Rússia.

Fonte: Wikipedia

Transplante de cabeças

Pessoas que saem do próprio corpo

Revoluções tecnológicas na medicina

Tecnologias que desafiam a morte

Postar um comentário