quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Bikini bridge - O destapa sexo




Nova mania na internet causa polêmica entre os analistas de comportamento. A mania está sendo considerada como mais uma ameaça a saúde das adolescentes, grupo mais vulnerável da sociedade.

É bom observar que a polêmica é maior quando atinge a sociedade, principalmente a classe média. Na época do governo militar, os bordéis eram comuns, mas a liberdade sexual na sociedade não era tão comum.

Um filme pornográfico também é comum nos dias de hoje, mas quando uma celebridade atua no filme, chamando a atenção da sociedade, a polêmica é muito grande.

A polêmica está no que se vê nas ruas e não nas praias de nudismo, como era o caso das mini-saias e micro-saias dos anos sessenta, o cofrinho e as cinturas baixas nas calças dos anos setenta e a nudez na televisão dos anos 80. 

Nos anos noventa houve um revival da cintura fina e cofrinho dos anos setenta, mas o que assustou mesmo a sociedade foi a pornografia a internet, com direito a exposição de nudez de crianças, invasão de privacidade e o início dos realities shows, câmeras de segurança e imagens vazadas na internet.

No início do segundo milênio depois de cristo, surgiram as patas de camelo e outras manias de adolescentes, filhos ou netos de pessoas que viveram a liberdade sexual do passado. As mulheres passaram a criar suas próprias modas e manias, além de expor problemas crônicos da sociedade moderna, como a anorexia e manias causadas pela liberdade de expressão.

A nova polêmica que assusta a sociedade é o "Bikini Bridge", expressão que surge quando a parte de baixo do biquini desce até o limite, ficando na parte mais saliente do quadril, sobre os ossos de mulheres extremamente magras. A posição preferida para a sélfie é deitado de costas, quando a foto se torna mais ousada e expõe o máximo do corpo de uma mulher vestida.

A mania do "Bikini Bridge" combina elementos ousados da juventude atual, como ousadia, selfie (mania de tirar fotos e publicar imediatamente na internet, sem conferir o conteúdo) e um pouco de anorexia, já que as mulheres magras tem mais facilidade para expor as partes íntimas através do bikini.

Uma adolescente extremamente magra, com "tanquinho" ou "barriga negativa", poderia enfrentar o perigo da anorexia, segundo os analistas de comportamento.

Nem todas as adolescentes passam por esses problemas, apenas aquelas que fazem da ousadia uma arma para conquistar os meninos. Vale lembrar também que o perigo sempre estará nos exageros.

By Jânio

Tirando a roupa para mudar o mundo

Toda mulher sexy será demitida

Quinta pedalada pelada

Famílias reais


Postar um comentário