quinta-feira, 26 de junho de 2014

Cinema 2.014 - Into the Woods




Into the Woods é um filme musical e fantasia produzido pela Walt Disney Pictures. É dirigido por Rob Marshall, adaptado por James Lapine e é estrelado por  Meryl Streep, Emily Blunt, James Corden, Anna Kendrick, Chris Pine, Johnny Depp, Lilla Crawford, Daniel Huttlestone, Tracey Ullman, Christine Baranski, Mackenzie Mauzy e Billy Magnussen. Baseado no aclamado Tony Award - musical da Broadway de mesmo nome, criado Lapine e Stephen Sondheim, o filme é do gênero fantasia e gira em torno de uma casal sem crianças disposto a acabar com uma maldição colocada sobre eles por uma bruxa vingativa.  Into the Woods, No Interior da Floresta, será lançado no dia 25 de dezembro de 2014, e é a primeira adaptação teatral de um musical da Broadway musical play.

Situado em um mundo alternativo dos contos dos irmãos Grimm, o filme junta vários contos de fadas dos irmãos Grimm e conta as aventuras dos personagens. Os personagens principais vem de Chapeuzinho Vermelho, Rapunzel, Cinderela e vários outros.  Quando um padeiro e sua esposa descobrem que foram amaldiçoados por uma bruxa, eles devem entrar na floresta para encontrar os objetos necessários para quebrar o feitiço e começar uma família. O filme é relacionado à história original do padeiro e sua esposa, sua interação com a bruxa que coloca uma maldição sobre eles, e sua ligação com outros personagens de contos de fadas durante a sua jornada. O que começa como uma animada fantasia musical irreverente, eventualmente, torna-se um conto significativo sobre a responsabilidade, as consequências que vêm de desejos, e o legado que deixamos para nossos filhos.

Além do elenco, Tammy Blanchard e Lucy Punch foram escalados como Florinda e Lucinda, meias-irmãs de Cinderela, respectivamente, bem como Richard Glover como o Steward, Frances de la Tour, como o gigante, Simon Russell Beale como Pai do padeiro, Joanna riding, como Mãe da Cinderela, e Annette Crosbie como a avó de Chapeuzinho Vermelho.

Produção:

Desenvolvimento na Universidade de Columbia

As primeiras tentativas de adaptação de Into the Woods paro o cinema ocorreu no início de 1990, com um roteiro escrito por Lowell Ganz e Babaloo Mandel. A leitura foi realizada com um elenco que incluía Robin Williams como o padeiro, Goldie Hawn como Mulher do Padeiro, Cher como A Bruxa, Danny DeVito como o gigante, Steve Martin como o lobo, e Roseanne Barr como Mãe de Jack. Em 1991, a Columbia Pictures e Jim Henson Productions também desenvolveram uma adaptação para o cinema, com Craig Zadan como produtor e Rob Minkoff como diretor.  Em 1997,  ainda com a Columbia, Minkoff ainda como diretor, e Billy Cristal, Meg Ryan e Susan Sarandon, assumidamente em negociações para estrelar. Após a declaração da Variety, uma adaptação para o cinema de Into the Woods permaneceu inativa por 15 anos.

Desenvolvimento na Disney

Em janeiro de 2012, Rob Marshall foi contratado para dirigir uma nova adaptação do musical para a Walt Disney Pictures, com James Lapine escrevendo o roteiro e Stephen Sondheim "sondado" para escrever novas músicas.  Academy Award - winner Dion Beebe, que anteriormente colaborou com Marshall em Chicago, Memórias de uma Gueixa e Nine, seria o diretor de fotografia.  Sondheim confirmou que uma nova canção estava sendo escrita para o filme. A Walt Disney Studios confirmou em junho de 2013, que o filme teria sido encomendado, e agendou uma data de lançamento para o dia de Natal de 2014.

Com o apoio da Disney, uma leitura atualizada do roteiro, dirigido por Marshall, ocorreu eom outubro de 2012, com Nina Arianda como a Mulher do Padeiro, Victoria Clark como mãe da Cinderela/Granny/Giant, James Corden como o padeiro, Donna Murphy como a Bruxa, Christine Baranski como a madrasta da Cinderela, Tammy Blanchard como Florinda, Ivan Hernandez como o lobo, Megan Hilty como Lucinda, Cheyenne Jackson como o príncipe de Rapunzel, Allison Janney como mãe de Jack, Anna Kendrick como Cinderela, Michael McGrath como Steward/Homem Misterioso, Laura Osnes como Rapunzel, Taylor Trensch como Jack, Casey Whyland como Chapeuzinho Vermelho, e Patrick Wilson como o príncipe da Cinderela. Relatos posteriores surgiram em janeiro de 2013, dizendo que Meryl Streep tinha sido escalada para interpretar a Bruxa.  Durante esse mês, foi relatado que Janney tinha sido confirmado para participar do filme também. Cinco meses depois, no entanto, Tracey Ullman foi escalada como mãe de Jack em seu lugar.

Em abril de 2013, Johnny Depp estava em negociações finais, juntamente com Streep, para participar do filme.  Em maio, James Corden, que participou da leitura do roteiro, estava em negociações para interpretar o papel do padeiro.  Em 10 de maio, a Disney confirmou a escalação de Streep, Depp, e Corden como a Bruxa, o Lobo Mau, e o padeiro, respectivamente. No mesmo mês, Emily Blunt e Christine Baranski foram apresentados como a esposa do padeiro e madrasta da Cinderela, respectivamente, enquanto Jake Gyllenhaal e Chris Pine entravam em negociações para interpretar os Príncipes.  No entanto, Gyllenhaal desistiu do filme devido a conflitos de agenda com outro filme, nighcrawler e foi posteriormente substituído por Billy Magnussen.  Um mês depois, Anna Kendrick entrou em negociações para interpretar a Cinderela no filme.  Em julho, Mackenzie Mauzy, Tammy Blanchard, Lucy Punch e Daniel Huttlestone juntaram-se ao elenco.  Sophia Graça Brownlee foi originalmente escalada como Chapeuzinho Vermelho. Brownlee atraiu controvérsia devido à sua idade e as conotações sexuais presentes entre Little Red, Chapeuzinho Vermelho, e o lobo.  O elenco oficial e sinopse do filme foram revelados na Expo D23, em 10 de agosto de 2013.  Em 16 de setembro de 2013, Lilla Crawford foi confirmada para interpretar o personagem de Chapeuzinho Vermelho, apesar de relatos anteriores sugerindo Brownlee.  Mais tarde, Dominic Brownlee falou sobre sua filha, a retirada de Sophia do filme dizendo: "Após cuidadosa consideração, com  os pais de Sophia, senti que, como os ensaios progrediram, que ela era muito jovem para o papel. Foi uma decisão conjunta entre nós e o diretor e produtor de Into the Woods para retirar Sophia do filme ".  Richard Glover, Frances de la Tour, Simon Russell Beale, Joanna riding e Annette Crosbie foram mais tarde anunciada no mesmo dia.

Filmagens

A fotografia principal do filme começou em Londres, no Shepperton Studios, em setembro de 2013, com as filmagens adicionais no Castelo de Dover, Waverley Abbey e Richmond Park.  As filmagens foram concluídas em 27 de Novembro de 2013.

Diferanças entre o filme e o musical

Em junho de 2014, Stephen Sondheim revelou que a Disney decidira fazer algumas mudanças importantes na trama para o filme, a fim de torná-lo mais familiar e ele aprovou.  Ele disse a The New Yorker que, no filme, a relação entre o lobo e Chapeuzinho Vermelho não seria "sexual", "Rapunzel não seria morta, e o príncipe não dormiria com a esposa do padeiro". Isto levou a uma canção do musical original "Qualquer Momento", que está sendo cortado, e uma nova canção foi escrita em substituição.

Stephen Sondheim estava em Nova York para discutir com um casal de professores de drama do ensino médio sobre as mudanças as pessoas poderiam esperar no filme. Quando um professor mostrou-se preocupado sobre a relação entre a Chapeuzinho Vermelho e o Lobo, citando "a infidelidade, um lobo ser lascivo, e a conotação sexual da Chapeuzinho Vermelho," Sondheim respondeu: "Bem, você vai ficar feliz em saber que a Disney tinha as mesmas preocupações. "Ele acrescentou: "Você vai descobrir no filme que Rapunzel não será morta, e que o príncipe não dorme com esposa do padeiro." Sondheim, explicou: "Você sabe, se eu fosse um executivo da Disney, eu provavelmente diria a mesma coisa. Você pode deixá-los ler o original e, em seguida, discutir por que, por exemplo, Rapunzel não deve morrer na versão do filme? Nós fazemos isso, mas eles não gostam. Eles se sentem censurados, eles não sentem confiança. E eles estão certos ", disse Sondheim. "Mas você tem que explicar-lhes que a censura é parte da nossa ética puritana, e isso é algo que eles vão ter que lidar. Tem de haver um ponto em que você não comprometa mais, mas isso pode significar que você não ter ninguém para vender a sua pintura ou executar seu musical. Você tem que lidar com a realidade ".

Outro professor perguntou se a música "Qualquer Momento", tocada no encontro entre o príncipe da Cinderela e a Mulher do Padeiro, permanecerá. "A música foi cortada", disse Sondheim. Essa revelação perturbou os fãs da história original, levando-o a dizer aos participantes: "Eu sinto muito. Deveria ter dito, provavelmente será cortada." Sondheim disse aos fãs que ele e James Lapine lutaram pela inclusão da música no filme. "Mas a Disney disse, "nós não queremos Rapunzel para morrer, por isso refaça-o", explicou o compositor.  "Eu não vou dizer o que acontece, mas escrevi uma nova música para a cena".  Sondheim revelou que a versão cinematográfica contará com duas músicas novas: um chamado "Rainbows", e outra para a bruxa.

Sondheim, mais tarde, divulgou um comunicado, dizendo que o filme é uma adaptação fiel do musical e "um filme de primeira linha", o príncipe tem um caso com a mulher do padeiro, "Qualquer Momento" está no filme também, e que todos os relatos referentes às mudanças eram falsas.

Fonte: RT-TV

Cinema 2.014

O Hobbit III - A batalha dos cinco exércitos

 Tomorrowland



































































Postar um comentário