sábado, 8 de fevereiro de 2014

Nova bomba nuclear americana




EUA conclui com êxito os primeiros testes do novo modelo da bomba nuclear B61-12, como parte de seu esforço contínuo para a renovação do arsenal atômico.

A Administração de Segurança  Nuclear Nacional (NNSA, por suas siglas em inglês), anunciou em seu site que os laboratórios nacionais de Los Álamos e Sandia, realizarão a prova do entorno mecânico de todo o sistema do modelo atualizado da bomba nuclear B61, denominada Mod 12.

"O teste é uma grande conquista e nos dá confiança em nossa capacidade para seguir adiante com nossos esforços para aumentar a segurança e proteção e proteção da bomba", disse o administrador adjunto da NNSA para programas de defesa, Don Cook.

A B6-12 consolidará partes de quatro bombas nucleares, os modelos 3, 4, 7 e 10, no arsenal dos EUA, e com o tempo substituirá os modelos mais antigos. O modelo B61-12 poderia tornar-se a principal arma nuclear tática usada em caças e bombardeiros..

O governo dos EUA descreveu o projeto B61-12 como um prolongamento da vida das armas existentes, mas vários especialistas opinam que é só um pretexto para implantar um novo modelo de arma nuclear, sem violar os acordos de não proliferação. De acordo com a NNSA, o projeto de prolongamento da vida dos B-61-12 tem o objetivo de manter as bombas prontas para seu uso, assim como aumentar a sua fiabilidade e segurança.

Segundo o comunicado da NNSA, parte do Departamento de Energia que tem como responsabilidade a supervisão sobre o desenvolvimento e manutenção do arsenal nuclear americano, o teste do entorno mecânico de todo o sistema, foi a primeira de uma série de análises destinadas a verificar as capacidades da B61-12.

Segundo o portal Defense News, um relatório recente do Escritório de Orçamento do Congresso americano revelou que os planos nucleares do governo Obama para a próxima década vai custar um total de 355 bilhões de dólares, que inclui o custo de desenvolvimento da B61-12, assim como a produção e concepção de novos equipamentos financiados pela Força Aérea americana, necessário para converter a bomba em um míssil tático capaz de incorporar-se aos caças.

Fonte: RT

EUA estão preparando o armagedon

Atividade que mais dá lucro no mundo

O fim do império americano

A prisão do fundador do Megaupload

Espionagem na internet

Revolucionários da terceira guerra mundial

Prisão do hacker mais famoso do mundo

EUA querem controlar a internet

Julian Assange discursa na embaixada do Equador

O site que sabia demais

Satélites de guerra
Postar um comentário