segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Quinze indícios de guerra da Síria



A ONU nem chegou a investigar o uso de armas químicas na Síria, mas os EUA insistem que o incidente da semana passada foi das forças de Bashar Al Assad e pede intervenção na Síria.

Por outro lado, muitos especialistas estão seguros de que Bashar Al Assad não está por trás do emprego de armas químicas na Síria. Michael T. Snyder, advogado, escritor, ativista político e blogueiro americano famoso, ressalta que Damasco parece estar ganhando a guerra civil, além disso, Assad sabe que para Obama usar armas químicas na Síria, significaria cruzar a linha vermelha.

Assim, de acordo com o escritor: "O usso de armas químicas a poucos quilômetros de onde estavam hospedados os inspetores da ONU" não faria sentido para Assad. "Assad teria que ser muito suicida para fazer uma coisa dessas", diz Snyder em seu blog.

"Nós provavelmente nunca saberemos quem foi realmente o autor do ataque. Mesmo que isso tivesse ocorrido, Os EUA e seus aliados da OTAN provavelmente haveriam encontrado outra justificativa para, de qualquer modo, entrar em guerra contra a Síria. Parecem estar estar totalmente obsecados em se livrar de Assad, mesmo sem pensar nas consequências", insiste Snyder.

Em seu blog, O autor lista 15 sinais que confirmam que Obama já tomou a decisão de ir a guerra contra a Síria.

01) A Síria permitiu que os funcionários da ONU inspecionassem o local do recente ataque de armas químicas, mas o governo dos EUA considerou que a oferta da Síria chegou muito tarde para ser confiável".

02) De acordo com a ABC News, a Casa Blanca insiste que há poucas dúvidas de que o regime de Assad estava por trás do ataque mortal com armas químicas na semana passada.

03) Quatro navios de guerra dos EUA, com mísseis balísticos, estão se movimentando em suas posições no Mediterrâneo Oriental. Se for dada uma ordem, a Síria vai receber uma "chuva" de mísseis cruzeiro, tipo Tomahawk, em poucos minutos.

04) A CBS News informou que "o Pentágono está realizando os preparativos iniciais para um ataque com mísseis cruzeiro às forças do governo sírio".

05) Sábado passado Barack Obama se reuniu com sua equipe de segurança nacional para discutir que ações devem ser tomadas na Síria.

06) O Secretário de Defesa dos EUA, Chuck Hagel, diz que Barack Obama lhe pediu que "prepare opções para todas as eventualidades", referindo-se a um possível conflito com a Síria.

07) Depois de uma conversa telefônica com o primeiro ministro britânico, David Cameron, sobre a situação na Síria, a Casa Branca anunciou que ambos os líderes expressaram sua grande preocupação pelo ataque com armas químicas que ocorreu na semana passada.

08) Oito comandantes militares dos Estados Unidos, Reino Unido, Arábia Saudita, Catar, Turquia, França, Itália e Canadá, estão com uma reunião prevista em Amán, Jordânia, para coordernar os planos para os próximos ataques contra a Síria.

09) De acordo com o Le Fígaro, as forças rebeldes treinadas pela CIA chegaram à Síria no início de Agosto.

10) No início deste ano, o exército americano mobilizou um número significativo de aviões de combates F-16 para a Jordânia para realizar exercícios militares, e lá permaneceu depois de "o Governo jordaniano formular um pedido".

11) De acordo com um documento secreto que vazou em março de 2.012, pelo Wikileaks, o pessoal da OTAN estão  na Síria desde 2.011 para mudar o regime (governo) daquele país.

12) The Times of Israel informa que uma avaliação militar interna chegou a conclusão que Washington está considerando seriamente um ataque limitado mas eficaz para deixar claro ao regime de Damasco que a comunidade internacional não vai tolerar o uso de armas de destruição em massa contra civis sírios ou outros possíveis alvos.

13) O senador americano John McCain disse recentemente que, se os militares americanos não atacarem a Síria, "ditadores de todo o mundo terão carta branca para usar armas químicas".

14) De acordo com o The New York Times, está sendo estudada uma "guerra aérea da OTAN em Kosovo, como um possível modelo para operação na Síria, sem mandato da ONU".

15) A casa branca divulgou um comunicado dizendo que o governo de Obama não tem planos de colocar as forças armadas na Síria, mas não descartou outro tipo de operação militar.

Fonte: RT-TV

Guerra mundial da Síria

Erro americano

Atividade que mais dá lucro

Preço de uma guerra mundial

Prêmio nobel da guerra

Conflitos que quase provocaram a Terceira Guerra Mundial

O dia em que o mundo conheceu o apocalipse


Postar um comentário