segunda-feira, 8 de julho de 2013

China volta-se para Serra Leoa




China se compromete a investir 8 bilhões de dólares na infraestrutura de Serra Leoa.

O país africano e a China  firmaram uma série de acordos bilaterais para o desenvolvimento da infraestrutura do país. Os acordos estipulam a construção em Serra Leoa, de várias centrais elétricas, um porto e uma ferrovia de 250 Km. Também se prevê o desenvolvimento de uma mina, assim como a construção de um aeroporto em freetown, a capital do país. Grande parte dos investimentos será direcionado ao desenvolvimento do turismo.

Os acordos foram firmados durante a visita do presidente de Serra Leoa, Bai Koroma, à China. Foi a primeira visita de um líder africano a China, depois de Xi Jinping ter assumido o mandato.

Rica em Recursos:

Serra Leoa, um pequeno país africano, é um dos países mais pobres do mundo, devastado por uma guerra brutal que dura 11 anos. Entretanto, tem muito a oferecer, suas terras são muito ricas em recursos minerais, entre eles, diamantes, ouro, boxitos, titânio e outros.

A China já investiu cerca de 50 bilhões de dólares na infraestrutura do país. "A diferença para o ocidente é que a China não faz perguntas, não se intromete na política, e não põe obstáculo nas atividades dos governos locais", comentou Ayo Johnson, fundador da empresa midiática Viewpoint África. A maior parte dos investimentos chineses se concentram na Nigéria, África do Sul, Sudão, Argélia, Zambia, Ghana, República Democrática do congo e Etiópia.

Cresce também o papel da China como sócio comercial do continente africano. "A China superou os EUA. Hoje a China é o maior sócio comercial da África", comentou David Shin, ex-embaixador americano na Etiópia e burkina Faso. No ano passado, o volume do comércio entre a  China e os países africanos chegou a 198 bilhões.

By Jânio

Fonte: RT-TV

Brasil se iguala a China em 2.012

China tem a maior reserva cambial do mundo

Países mais pobres do mundo

Postar um comentário