sábado, 15 de junho de 2013

Encontrada cidade da Idade Média




 Com a ajuda de uma revolucionária tecnologia de laser, os arqueólogos descobriram uma cidade medieval perdida que prosperava  em uma montanha do Camboja há 1.200 anos, informa o periódico australiano "The Sydney Morning Herald".

  A importante descoberta inclui templos que estiveram ocultos na selva durante séculos e que, segundo acreditam os arqueólogos, nunca foram saqueados.

 O sítio arqueológico está localizado nas montanhas Kulen, na província de Siem Reap, e corresponde a uma cidade chamada Mahendraparvata. Os arqueólogos determinaram que a cidade já existia  há cerca de 350 anos, antes da construção do famoso templo de Angkor, considerado patrimônio da humanidade.

  Na expedição a equipe utilizou uma tecnologia de escaneamento com laser, chamada Lidar. O instrumento foi atado a um helicóptero que voou durante sete dias sobre uma montanha ao norte do famoso templo, com o qual se conseguiu completar os dados obtidos durante anos de investigação.

  Os arqueólogos especialistas  em exploração e cartografia, descobriram mais de duas dezenas de templos não registrados anteriormente, assim como evidências de antigos canais, diques e estradas, parcialmente enterrados ou cobertos pela selva.  Os arqueólogos acreditam que foi nesse lugar que, em 802, Jayavarman II, fundador do Império Jemer, foi proclamado monarca universal. A data é considerada pelos historiadores como fundamental para  o império de Angkor, cuja construção iniciou o mesmo  e que dominou grande parte do Sudeste Asiático até o século XV.

Fonte: RT-TV

Cidade mais antiga da Europa

Influências e tradições egípicias

Tragédia de Pompéia

Escrita cuneiforme
Postar um comentário