sábado, 4 de maio de 2013

Nanotecnologia - Limite humano




Pessoas preocupadas com os riscos que a nanotecnologia poderia causar, talvez se interessem em saber que a partir de setembro do ano passado,  a National Science Foundation passou a financiar um projeto pretensioso, Center for Sustainaible Nanotechnology. A polêmica em torno de uma possível ameaça nanotecnológica para a humanidade, levou a idealização do projeto.

Trata-se de uma parceria multi-institucional dedicada a investigar os mecanismos moleculares pelos quais as nanopartículas interagem com sistemas biológicos.

Apesar dos benefícios para o desenvolvimento social, pouco se sabe sobre como as nanopartículas interagem com os organismos vivos e de como a liberação não intencional de nanopartículas de produtos de consumo possam impactar o meio ambiente.

O objetivo do Center for Sustainaible Nanotechnology é desenvolver e utilizar o conhecimento em nivel molecular de interação nanotecnologia-biologia para desenvolver nanotecnologias sustentáveis, nanotecnologias socialmente benéficas. Pretende-se com isso, compreender os princípios químicos e físicos em nível molecular, que controlam a forma como as nanopartículas interagem com os sistemas vivos, a fim de proporcionar bases científicas necessárias para assegurar os desenvolvimentos contínuos em nanotecnologia para o meio ambiente e sociedade.

O financiamento  para a CSN vem da National Science Foundation Division of Chemistry, através do Centers for Chemical Innovation Program.

"Nosso "centro" é na verdade um grupo de pessoas que se preocupam com o meio ambiente e que estão fazendo pesquisa colaborativa  para ajudar a garantir que o nosso planeta será habitável, centenas de anos a partir de agora. Em outras palavras, que as coisas que fazemos todos os dias, como seres humanos, sejam sustentáveis a longo prazo.

Você deve estar se perguntando o que isso tem a ver com a nanotecnologia, certo? Pois bem, verifica-se que as nanopartículas - material 10.000 vezes menor que a espessura de um fio de cabelo humano, poderiam fornecer soluções novas e importantes para muitos problemas do mundo. Por exemplo, novos tipos de células solares à base de nanopartículas usadas em edifícios.

Qual é o problema? Bem, esse minúsculo material é tão pequeno que poderia se movimentar e fazer as coisas de maneira que nós ainda não entendemos completamente. Por exemplo, partículas muito pequenas poderiam ser absorvidas pela pele. No meio ambiente, as nanopartículas poderiam ser absorvidas por insetos ou peixes, que estão em nível inferior da cadeia alimentar para animais maiores, incluindo os humanos.

O grande problema é que as nanopartículas podem ser criadas a partir de diferentes coisas, incluindo tamanhos, formas, estruturas - inclusive internas.

Fonte: Susnano

Top produtos de nanotecnologia

Desafios da nanotecnologia


Postar um comentário