terça-feira, 24 de julho de 2012

Paraíso dos ricos



Quando os brasileiros querem ganhar dinheiro, viajam pelo mundo inteiro lavando privadas; quando os estrangeiros querem ganhar dinheiro no Brasil, quem lava as privadas são os próprios brasileiros - acho que nós já estamos acostumados.

Para arrumar um bom emprego no Brasil, é muto importante ter um nome estrangeiro - italiano, alemão, etc. Nomes como Paulo Roberto, Luis Carlos, não significam muito e tem de ser traduzido para outras línguas.

Mas não são só os pobres que viajam pelo mundo, os executivos também, e não são só os brasileiros.

O mercado globalizado começou a se insinuar no Brasil, novamente. Pessoas importantes do mercado financeiro dizem que os bancos europeus devem se unir, tudo o que o mundo não precisa, quase um apocalipse, sob o ponto de vista socialista.

Enquanto isso, no Brasil, as operadoras de celular, cujos donos trocam de lado como quem troca de roupa, terão de compartilhar suas antenas, se quiserem estar preparadas para a geração 4G. Estaria tudo bem se fosse só isso, mas é assim que começa o fim da concorrência - Compartilhamentos, acordos e dependência.

Cidades favoritas dos investidores:

01 - Xangai 14% - No exterior, o mundo virou um caos,  com empresas aproveitando a mão-de-obra escrava da China, com a parte financeira controlada pelos Rothchilds e Rockfeller. Xangai ainda tem a zona portuária, o país que mais cresce  no mundo, tanto economicamente, quanto tecnologicamente, como seu aliado.

02 - Londres 14% - A Inglaterra (Londres) disputa com os EUA (Nova York), como o maior centro financeiro do mundo. Certamente é para lá que os americanos enviam seus executivos, assim como executivos do mundo inteiro.

03 - Cingapura 4% - Pode ser menor em território e população que a China, mas conseguiu obter êxito às custas de muito trabalho. Quinze por cento da população  são milionários, com mais de um milhão de dólares em patrimônio.

04 - Berlim 4% - A Alemanha é, depois de Londres, o maior centro financeiro da Europa, o país mais forte do Euro. Além da área financeira, Berlin ainda é referência em tecnologia.

05 - Amsterdã 4% - A holanda é escolhida por quinhentas grandes empresas internacionais, para instalar suas filiais.

Em todas as listas elaboradas no mundo, desde melhor lugar para viver, trabalhar, etc., a austrália sempre está entre as melhores, principalmente para os executivos.

06 - Camberra 4%  - e Sydney são bons exemplos de cidades do futuro.

07 - Hong Kong 3% - A mais ocidental das cidades (Estado) da Ásia, Hong Kong possui o maior centro financeiro da Ásia. Segundo lugar para negócios, na Ásia, nona moeda mais forte do mundo, etc.

08 - São Paulo 3% - O Brasil aparece na lista das melhores cidades para executivos, graças a cidade de São Paulo. São paulo não é apenas popular entre os emigrantes, é o centro comercial e financeiro da América do Sul.

Sendo uma das cinco maiores regiões metropolitanas do planeta, 63% das empresas estrangeiras escolheram São Paulo como a melhor cidade brasileira para transferências internacionais.

09 - Mumbai 2% - Assim como o Brasil, a Índia é um país de desigualdades. Deve ser por isso que Mumbai aparece na lista justamente atrás de São Paulo.

10 - Bruxelas 2% - A Bélgica, Holanda e Luxemburgo, formaram o primeiro mercado comum do mundo e inspiraram outros, como o mercado comum europeu. No caso específico da Bélgica, sua abrangência comercial vai de diamantes a petróleo - Precisa mais?

OBS: Para investir em determinados países, as empresas analisam sua infraestrutura, reputação, risco, etc.

Para evitar o capital especulativo, com o qual o país não está preparado para lidar, por ser uma economia extremamente conservadora e frágil, para não dizer outra coisa pior, o Brasil adotou medidas de restrição, evitando investimento de curto prazo, investimentos que tem de pagar uma taxa maior de impostos.

Assim, enquanto o mundo inteiro sonha com um boom especulativo pró, o Brasil evita essa especulação a seu favor. Só quem poderia explicar isso são: PC Farias, Tancredo neves, Celso Daniel, etc., infelizmente, eles já estão mortos.

Fonte: Sullivan

Comentários, texto e tradução: By Jânio

Melhores países em ambiente de negócios


Melhores países segundo o IDH

Os países mais ricos das Américas

Cidades mais odiadas pelos turistas

Paraísos fiscais


Postar um comentário