sábado, 31 de março de 2012

Lógica errada



Não há lógica errada, mas essa é a sensação que temos quando tudo o que deveria ser lógico, deixa de fazer sentido.

Isso pode ocorrer por vários motivos, além do motivo mais óbvio, a política torta.

Vejam alguns exemplos de Lógicas erradas:

01 - Lógica da evolução - Um dos exemplos mais conhecidos de erro de lógica é a teoria da evolução, através dessa teoria, Darwin apresentava ao mundo uma alternativa para a clássica história de Adão e Eva.

Foi muito irônico porque, enquanto a igreja se negava a assumir a subjetividade da tragédia bíblica, a ciência apresentava a sua versão pretensiosa e muito mais emblemática.

A bíblia apresenta muitas alternativas para a apresentação de seu conteúdo, entre elas as parábolas. No caso das parábolas, o que importa são os ensinamentos desses "contos" e não a sua veracidade. O fato não tem de ter ocorrido para apresentar uma verdade.

Darwin insinuou que o homem pudesse ter evoluído dos primatas e o que parecia ser oportunismo, saiu fora de controle.  Darwin tinha habilidades suficiente para provar que seus argumentos eram verdadeiros e, ao contrário das parábolas da bíblia, o que de fato aconteceu, apresentou uma mentira.

Qualquer criança poderia verificar as semelhanças entre o homem, o macaco, o primata ou seja lá o que for que ele tenha dito, mas ele foi mais longe e criou toda uma cadeia evolutiva desde a origem da vida. Mais tarde, seu primo Galton foi mais corajoso e criou o mapa do racismo que mostraria a visão mais clara do inferno que o mundo jamais vira.

02 - Justiça torta - Um amigo meu me contou uma história hilária mas sem graça nenhuma, para os protagonistas dos fatos.

Dizia ele que alguém havia inventado uma fofoca sobre uma mulher conhecida, em uma pequena cidade. A mulher ficou revoltada e decidiu denunciar o fofoqueiro(a).

O problema começou quando a juíza iniciou o processo e a pessoa acusada revelou ter ouvido o tal boato de uma outra pessoa que acabou também envolvida no caso.

Depois de chamar a segunda pessoa para depor, a tal juíza descobriu que essa pessoa também tinha ouvido de alguém. Agora era uma questão de honra para a tal juíza, resolver esse conflito: "Agora vamos até o fim, haja o que houver - disse a juíza."

Uma após a outra, testemunhas foram sendo chamadas e apresentando versões cada vez mais intrigantes, mas com um detalhe em comum, todos tinham ouvido a tal história de terceiros.

Paciência tem limites e a juíza já tinha ultrapassado a sua, estava pronta para explodir. Foi quando ela, finalmente, convocou a última testemunha.

Não, meus amigos, o problema não se resolveu, pelo contrário. Acontece que a última testemunha citou uma pessoa que já havia sido convocada, ameaçando começar tudo de novo.

Foi aí que a juíza explodiu. Reuniu todos os envolvidos e disse algo mais ou menos assim:

"Senhoras e senhores aqui presentes, depois de perder todo o meu tempo nessa história ridícula, eu gostaria de avisá-los:

A partir de agora, qualquer um dos senhores que pisar aqui nesse fórum, seja lá o motivo que for, eu garanto que pegará, no mínimo, dez anos de cadeia.

Nunca em minha vida, eu vi um grupo de pessoas tão ordinárias e sem ter o que fazer. Saibam vocês que é a lei que me impede de fazer algo mais grave com os senhores, mas saibam, essa mesma lei será implacável e não descansará até que os senhores paguem pelo tempo perdido pelo ministério público."

 - Foi por isso que eu me mudei daquela maldita cidade - completou o meu amigo.

Obs: Todos os envolvidos se mudaram da cidade.

03 - Lógica da dor - A dor é a melhor forma de o corpo se proteger, essa é a forma como os médicos iniciam seus diagnósticos.

Uma vez eu vi uma professora dizendo: "... e o próprio organismo se encarrega de proteger o corpo, cicatrizando e promovendo a sua cura."

 - Não precisa nem tomar remédio professora? - perguntei.

 - Claro que não! - respondeu ela, com sarcasmo.

 - Eu acho que a senhora não é uma boa professora - completei. Nossa amizade terminou ali.

Há casos que a dor não resolve o problema, pode chegar tarde, ou nem ocorrer e, nesses casos, a pessoa e/ou os médicos perdem sua principal aliada no diagnóstico das doenças.

Além disso, há casos em que a dor exagerada não implica em ameaças graves, nesse caso, as pessoas devem tomar analgésicos.

04 - Lógica do racismo - Enquanto um vendedor atendia seus clientes, um homem afro-descendente, impossibilitado de se aproximar do vendedor, aguardava impaciente.

Foi quando uma pessoa que tinha chegado depois dele, aproximou-se do vendedor, sendo atendido por este. O homem afro-descendente começou a gesticular indignado e a dizer: "Eu vou a delegacia denunciá-lo, isso é racismo e não vai ficar assim!"

O vendedor ainda tentou explicar que estava tentando adiantar o serviço, mas o homem não se conformou e ainda perguntou onde ficava a delegacia.

O vendedor gentilmente deu a localização da delegacia e continuou a atender seus fregueses.

Mais tarde, o afro-descendente retornou e disse: "O delegado me expulsou da delegacia e ainda ameaçou me prender, esse mundo está perdido mesmo."

05 - Lógica fictícia do racismo - Monteiro Lobato podia até ser um escritor infantil, mas ele teve uma vida obscura que ninguém conhece e era um defensor da eugenia. É claro que Monteiro Lobato viveu numa geração pós-abolição, mas isso não alivia sua barra, não.

06 - Lógica da pedofilia - O STJ absolveu um homem acusado de abusar sexualmente de uma menina de doze anos, alegando que uma menina que já era prostituta não poderia ser considerada inocente.

É claro que o caso provocou polêmica, afinal, a menina é incapaz.

A questão da pedofilia continua sendo um grande problema para um país atrasado como o nosso Brasil. Um tabu que não pode ser discutido e, não podendo ser discutido, fica difícil de se achar a solução.

Poderia-se seguir o direito internacional e imitar os americanos, isso quase sempre dá certo, exceto quando o interessse é dos próprios americanos.

07 - Lógica fundamentalista - O apedrejamento no Irã causou muita polêmica, apesar de ser tão raro quanto a polêmica pena de morte nos EUA.

08 - Lógica burocrática - Um dos melhores exemplos de lógica errada na política, é o processo de criação de leis para corrigir problemas de gestão, algumas leis já existem e são inúmeras, por exemplo: Quotas para negros, ficha limpa, direção perigosa com bebida, fumantes em locais públicos, desmatamento, desarmamento e vários casos relacionados à infra-estrutura.

Para a elite a lógica pouco importa, apenas o dinheiro.

By Jânio


Postar um comentário