terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Países mais pobres do mundo



País menos desenvolvido ou Least developed country (LDC) é o nome dado a um país que, de acordo com as Nações Unidas, apresenta os menores indicadores de desenvolvimento sócio-econômico e com o menor Índice de Desenvolvimento Humano das classificações de todos os países do mundo.

Para entrar para uma lista de países menos desenvolvidos, um país precisa preencher esses critérios:

Renda trienal de menos de 905 dólares, para sair da lista deverá ultrapassar os 1.086 dólares.

Baseando-se em indicadores de nutrição, saúde, educação, alfabetização de adultos, vulnerabilidade econômica (com base na instabilidade agrícola, exportações de bens e serviços, importância econômica de atividades não tradicionais, concentração de exportação de mercadorias, deficiência de pequenez econômica e a porcentagem de população deslocada por desastres naturais.

Os critérios são revistos a cada três anos, pelo comitê de politica de desenvolvimento da ONU e do conselho de desenvolvimento

A partir de 01 de janeiro de 2.011, a lista de países menos desenvolvidos listaram quarenta e oito países.

Desde o início da classificação de países menos desenvolvidos, apenas três países se habilitaram a deixar essa lista, passando a países em desenvolvimento.

01) Botswana - Em 1.994, a Botswana foi o primeiro país a deixar essa lista.

02) Ilhas de Cabo Verde - Em 2.007, foi a vez das ilhas de cabo verde.

03) Maldivas - Foi o terceiro país a alcançar o status de país em desenvolvimento.

Guiné Equatorial, Samoa, Tuvalu, Vanuatu, são os países com mais possibilidades de deixar o grupo de países menos desenvolvidos.

Os países menos desenvolvidos estão distribuídos de acordo com as seguintes regiões: África (33 países), Ásia (14 países), América (01 país).

A classificação da ONU é discutível, considerando essa baixa renda. Podemos notar que os países com maior chance de desenvolvimento, são os países de território pequeno.

É muito fácil promover uma organização como a ONU, através de países com pequeno território e população.

Guerra civil, corrupção política e falta de estabilidade político-social, são fatores que podem levar um país a se encontrar em condições de extrema pobreza.

Autoritarismo, ditadura, cleptocracia e até problemas de saúde pública como a AIDS, são verificados em países subdesenvolvidos.

Note, no entanto, que as características acima, geralmente não se aplicam a países menos desenvolvidos localizado na Oceania. Quiribati , Samoa , Tuvalu e Vanuatu são democracias estáveis politicamente, e a falta de qualquer forma de guerra civil ou étnica.

Isso nos leva a conclusão de que a pobreza pode ser consequência de canibalismo econômico, onde nem todos os povos reagem da mesma maneira. Isso poderia explicar a ausência de conflitos em alguns países pobres, mas isso a ONU não pode publicar.

Embora tenham economias pequenas, muitas vezes dependentes de monoculturas , a população geralmente não sofrem de pobreza extrema, graças a um duradouro setor de subsistência na economia.

As Ilhas de Salomão são as únicas da Oceania atualmente afetadas pela instabilidade política e tensões étnicas.

 ÁFRICA  (33 países)

 Angola

 Benin

 Burkina Faso

 Burundi

 República Central Africana

 Chad

 Comoros

 República Democrática do Congo

 Djibouti

 Guiné Equatorial

 Eritreia

 Etiópia

 Gâmbia

 Guiné

 Guiné-Bissau

 Lesotho

 Libéria

 Madagáscar

 Malawi

 Mali

 Mauritânia

 Moçambique

 Niger

 Ruanda

 São Tomé e Príncipe

 Senegal

 Serra Leoa

 Somália

 Sudão

 Togo

 Tanzânia

 Uganda

 Zâmbia

ASIA (14 países)

 Afeganistão

 Bangladesh

 Butão

 Camboja

 Timor Leste

 Laos

 Mianmar

 Nepal

 Iémen

 Quiribati

 Samoa

 Ilhas Salomão

 Tuvalu

 Vanuatu

AMÉRICAS (1 país)

 Haiti

Fonte: Wikipedia



Postar um comentário